Como escolher um curso de coaching?

O mercado de trabalho abre novas oportunidades a cada dia, mesmo em períodos de crise, mas muitas pessoas não conseguem ter sucesso na carreira escolhida. Neste cenário, muitas pessoas tem visto os cursos de coaching, como uma oportunidade de buscar uma nova profissão, conquistar reconhecimento profissional e alcançar a tão sonhada independência financeira.

No Brasil, o coaching vem se consolidando como uma alternativa eficiente para pessoas e empresas melhorarem o seus desempenhos. Os clientes de coaching, orientados por um profissional chamado de Coach, recebem nesse processo suporte para aperfeiçoar sua comunicação, administrar o tempo, ter mais equilíbrio emocional e melhorar o relacionamento interpessoal, dentre outras coisas.

Para os que desejam trabalhar com coaching, sugerimos a leitura atenta deste post, em que vamos apresentar 4 dicas para escolher um bom curso para ter sucesso na carreira. Confira!

1. Prefira uma instituição de referência no setor

O amadorismo não tem espaço no mundo corporativo. Pensando nisso, a recomendação é optar por uma escola que seja referência em coaching, que tenha uma marca e metodologia comprovadas. Para não errar na escolha, procure conversar com ex-clientes dessa escola, verifique o número de alunos formados, o seu grau de sucesso e analise o envolvimento da instituição em eventos do setor.

Busque também verificar as instituições com melhores resultados na formação de seus coaches, ou seja, escolas que formam coaches com melhores resultados. Muito mais do que um diploma ou inúmeras titulações, essa sem dúvida é uma informação que deve influenciar na sua escolha, porque tem ligação direta com a qualidade do curso oferecido e compromisso da escola em formar coaches de sucesso.

2. Fique atento à modalidade de curso de coaching

Fazer um curso online ou presencial? A resposta para essa pergunta depende muito de dois fatores: capacidade de investimento e tempo disponível. Contudo, a recomendação é optar pela modalidade na qual você assimile o conteúdo da melhor forma possível.

Em geral, os cursos online têm um preço mais acessível. Isso não significa que eles são piores que os cursos presenciais. No entanto, procure identificar qual é o seu modelo ideal de aprendizagem. Fará toda a diferença.  Se você não tem familiaridade em fazer cursos pela internet, é melhor escolher o formato tradicional.

Pense sempre no velho ditado popular: “o barato pode sair caro”.

3. Faça uma avaliação prévia dos professores

Há vários especialistas em coaching. Por isso, é interessante verificar as qualificações e as experiências dos instrutores. Além de conversar com amigos, faça uma pesquisa no Google para conhecer melhor a trajetória do profissional. Muitas vezes, a experiência de vida do profissional pode fazer muita diferença e agregar ainda mais valor ao seu método de ensino.

Tenha a certeza de que essa escolha pode fazer muita diferença no seu aproveitamento durante o curso. Procure por profissionais com quem você poderá manter contato após o curso, pois eles poderão atuar como seus mentores.

4. Conheça a metodologia

É muito importante escolher uma capacitação que possibilite acompanhamento. Assim, você poderá tirar dúvidas e estará mais preparado para exercer a carreira.

Outra dica é optar por uma escola que ofereça ajuda profissional depois da formação. Dessa maneira, serão bem menores as chances de cometer erros por causa da falta de experiência e de conhecimento.

Se você está interessado em fazer um curso de coaching, visite nossa página! Somo licenciado Abracoaching e temos informações valiosas que podem contribuir positivamente para o seu futuro profissional.

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Outros Artigos

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário