Conheça dois hábitos negativos que podem estar te impedindo de vencer na vida

Hoje vamos falar sobre dois hábitos negativos que podem estar te amarrando e dificultando seu crescimento profissional. Estudos e pesquisas sobre produtividade, gestão de tempo, construção de novos hábitos, inteligência emocional dentre muito outros estão cada dia mais em evidência. Essa crescente preocupação com o tema é consequência da dificuldade que a maioria de nós temos para atendermos as expectativas cada vez mais elevadas, não só no mercado de trabalho, mas também na vida pessoal.

Se você se sente abaixo das expectativas, fracassado ou algo do tipo aqui vão duas boas notícias: a grande maioria das pessoas se sentem como você e mudar isso é totalmente possível.

Eu mesmo venho a anos estudando e testando na prática ferramentas para a criação de novos hábitos mentais e, acredite, elas são eficazes e produzem resultado. Acredito que só quem vivenciou algo poder falar com propriedade sobre aquilo. Por isso, apliquei todas essas ferramentas não só com meus clientes em meu trabalho como Coach, mas antes, na minha própria vida.

O primeiro passo em direção a mudança é a conscientização. Ou seja, antes de falarmos da criação de novos hábitos que nos permitam alcançar maior produtividade, precisamos ter consciência dos comportamentos negativos repetidos que nos prejudicam e nos afastam de uma vida cheia de realizações.

Neste artigo vamos falar de dois desses hábitos prejudiciais comuns a muitas pessoas, inclusive a mim, que os pratiquei durante muito tempo sem ter consciência do tanto que me prejudicavam, além de te ajudar a entender o que eles significam e porque os praticamos.

Talentos e Pontos Fortes

Em meu trabalho como Coach de Pontos Fortes, identifiquei que o maior potencial para o sucesso de uma pessoa está no desenvolvimento de seus talentos naturais. Definimos Talento como um padrão recorrente e natural de pensamento, sentimento ou comportamento que pode ser aplicado de maneira produtiva. Quando isso acontece, seu talento se torna um Ponto Forte.

Por isso, para que qualquer processo alcance o máximo de eficiência, aplicamos uma avaliação para a identificação de seus temas de talentos para só então iniciarmos o processo de desenvolvimento pessoal baseado em pontos fortes. Cada pessoa tem uma combinação exclusiva de talentos: dizemos que somos 1 em 33 milhões.

Foi através do aprofundamento em um dos meus temas de talentos que consegui identificar e modificar dois comportamentos mentais negativos que eu vinha praticando a anos: esse talento é a excelência, que no meu caso teve por muito tempo relação direta com o perfeccionismo e a procrastinação.

Excelência: para as pessoas com esse tema de talento, a excelência, não a normalidade, é o critério que norteia suas vidas. Naturalmente, eles preferem trabalhar com o que há de melhor e sempre desejam fazer o melhor. Entretanto, como tudo na vida, o excesso dele pode ser extremamente prejudicial. E quando esse talento entra em seu estado negativo e um de seus efeitos é o perfeccionismo.

Perfeccionismo: uma obsessão pelo “ideal”

Se você é um verdadeiro perfeccionista, uma pessoa em busca incessante por excelência, saiba que esse comportamento pode estar causando atrasos severos em seus resultados, pois, por melhor que esteja o seu trabalho, ele nunca vai estar bom o suficiente. Além disso, se você lida com uma equipe, o trabalho das outras pessoas também nunca será bom o suficiente, o que te forçará a assumir muita responsabilidade para você mesmo.

Vamos fazer um teste: Quantas vezes você já se pegou dizendo: Deixa que eu faço isso… ao menos eu garanto que será feito da forma correta. Um perfeccionista tem enormes dificuldades de delegação. Ele prefere fazer do que ensinar alguém.

Perfeccionistas pensam sempre sobre como as coisas ou sua própria vida deveriam ser. Jamais como elas são. Há sempre uma busca pelo ideal, pelo perfeito, uma busca eterna. Isso causa sofrimento e pode resultar em baixíssima autoconfiança.

Se você é um perfeccionista, tenha cuidado para não viver em um eterno estado de insatisfação com tudo que aconteceu com você, bem como um negativismo sobre o que está por vir. Outra característica comum e muito prejudicial, é não assumir a responsabilidade sobre as coisas que acontecem a você. Você já sentiu isso ou conhece pessoas assim? Aposto que sim.

Agora vamos falar do próximo hábito negativo, muitas vezes também relacionado com o tema da busca pela excelência, mas também causado pela falta clareza de objetivos, falta de planejamento, falta de foco, além do conhecido problema de excesso de tarefas sobre a mesa da mesma pessoa. Estamos falando da procrastinação.

Procrastinação: recusa em entrar em ação 

Os procrastinadores estão sempre em busca de mais alguma garantia antes de entrar em ação. Mas em um mundo onde não existem garantias, falharão e se sentirão culpados, mas continuarão insistindo em repetir esse comportamento, inconscientemente.

A dificuldade em agir com rapidez, priorizar e tomar decisões sobre o que interessa, sobre o que vai lhe aproximar de seus objetivos, causa a essas pessoas, uma enorme dificuldade em obter resultados, mesmo que com intelecto apurado.

Aliás, eles ficarão extremamente deprimidos ao encontrar pessoas com muito menos “QI” do que o seu, mas com resultados extraordinários. Se sentirão injustiçados. Se sentirão arrasados. Se sentirão ainda menos confiantes.

Entretanto, basta aparecer sobre sua frente uma tarefa importante, que logo estarão eles desperdiçando seu tempo com tarefas de ocupação, mas que não proporcionarão nenhum resultado que realmente interessa. Seja por falta de interesse, falta de confiança ou dificuldade de concentração, eles sempre vão encontrar algo para realizar durantes os momentos em que deveriam estar concentrados nas tarefas mais importantes. São pessoas que passam um dia inteiro ocupadas, mas que ao final do dia, pouco realizaram.

Se você se identifica com esses perfis, se esses ou outros hábitos negativos estão em sua vida, é hora de agir para diminuir os seus efeitos e conquistar verdadeiros resultados. O autoconhecimento somado à orientação profissional de um Coach ou Mentor são as chaves para ter sucesso nesse processo de mudança.

Uma coisa eu posso lhe garantir: É totalmente possível reverter esse cenário e desfrutar de todo o seu potencial!

Se você gostou desse texto, e acha que ele pode ajudar outras pessoas, compartilhe!

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Outros Artigos

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário