Entenda o que são KPIs e o valor dos indicadores para seu sucesso

Você já ouviu falar em KPI? Essa sigla enigmática costuma aparecer na hora do preenchimento de briefings para fornecedores diversos, no entanto, não raro gestores a ignoram por não saberem do que se trata. Um grande erro que, futuramente, poderá comprometer seriamente o seu negócio, sem contar a dor de cabeça.

Só que, embora essas 3 letras pareçam misteriosas, o KPI é um conceito muito simples de se entender, pois trata-se da abreviação em inglês para “Key Performance Indicator“, que é utilizada como um parâmetro valioso que avalia se sua empresa está, de fato, atingindo as metas estipuladas.

Neste post, você vai saber um pouco mais sobre a importância dos KPIs para a gestão e sucesso do seu negócio e como pode ser decisivo contar com apoio de um mentor para identificar os indicadores certos. Confira!

Como definir o KPI

Além da falta de compreensão acerca do termo, outro motivo pelo qual o KPI geralmente passa batido nos planejamentos é o fato de que várias empresas desconhecem o lugar em que se encontram diante da concorrência — tampouco o patamar que desejam atingir.

Dessa maneira, para se determinar um KPI com assertividade, é necessária uma mentoria que ajude o gestor a alinhar a natureza do negócio às metas em curto, médio e longo prazo, sempre com foco na estratégia de mercado. O sucesso da sua empresa depende disso.

Por dentro dos vários KPIs

Os KPIs podem ser segmentados entre primários, que nos auxiliam a perceber o montante que a empresa lucra, e também os secundários, usados pelos mais diversos especialistas para estruturar suas estratégias.

Para exemplificar, podemos citar entre os primários: leads gerados, tráfego orgânico ou pago, custo de aquisição por cliente, taxa de conversão, receita, etc. Entre os KPIs secundários: assinantes de newsletters, sessões, taxa de rejeição e visitantes recorrentes de um domínio.

Geralmente, é o KPI secundário que dá base ao primário em quaisquer relatórios de performance de uma empresa. Claro, sempre apresentando variações em função do tipo de negócio em questão. Call centers, por exemplo, lançam mão de KPIs simbólicos para o setor, como taxa de abandono da ligação, taxa de contato e taxa de espera.

Como aplicar o KPI

Outro tipo de erro bastante comum cometido pelos gestores é, depois de definir o KPI, não acompanhar os resultados. Deixar um KPI sem monitoramento pode fragilizar a estratégia em pouco tempo, sem contar no desperdício de dinheiro.

Agora que você aprendeu um pouco mais sobre a funcionalidade dos KPIs, provavelmente deve estar imaginando o que eles têm a ver com as métricas.

Se quiser refrescar a memória, basta saber que as métricas são informações em estado bruto, enquanto cabe ao KPI selecionar apenas as informações que, por ventura, melhor identifiquem a evolução da empresa segundo as metas pré-determinadas.

Viu só por que contratar um mentor é essencial para saber quais são os KPIs mais revelantes para o seu negócio?

E aí? O post esclareceu suas dúvidas sobre KPI? Não quer perder mais assuntos como este? É só nos seguir nas redes sociais — Facebook, Twitter e Instagram — e ficar por dentro!

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Outros Artigos

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário